Mosquito da dengue – Saiba os sintomas

Mosquito_da_dengue_Saiba_os_sintomas_topo

 

A dengue é um assunto muito preocupante, ela está aumento muito com o decorrer do tempo, acabou virando uma epidemia.Para se ter uma ideia os números de casos de dengue no Brasil em 2015, já são 240% maiores em relação ao mesmo período do ano passado.

De acordo com o levantamento nacional, o Estado de São Paulo está liderando o total de casos de dengue, já foi computado 257.809 ocorrências. Depois em seguida vem o estado de Goiás (45.819 casos) e Minas Gerais (30. 153). Os números no Brasil vêm aumentando muito. De acordo com especialistas, a dengue reúne um vírus hábil, carregado por um mosquito urbano e oportunista, a estratégias públicas de combate que não estão sendo capazes de derrubar a dupla.

“Os dados demonstram que o controle da dengue é ineficiente. A grande disseminação no país tem a ver com a descontinuidade das atividades de vigilância epidemiológica que são interrompidas nos Estados e municípios. É preciso ter um controle constante do mosquito, sem isso, a dengue continuará crescendo”, afirma o médico Expedito Luna, professor do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo da Universidade de São Paulo (USP).

Infelizmente ainda não há vacina e tratamento para a dengue, em nenhum lugar do mundo. A única alternativa é de combater e tentar matar o mosquito que o transmite, o Aedes aegypti. O mosquito já está adaptado aos ambientes urbanos e, ao longo dos séculos, suas fêmeas aprenderam a colocar ovos apenas em ambientes artificiais que retêm água, como calhas, caixas d’água ou pneus.

Os ovos do mosquito ao longo dos anos conseguiu uma resistência incomum, capaz de sobreviver por meses (mesmo sem água). Essa característica faz com que eles possam viajar, espalhando-se por diversas regiões sem sofrer grande impacto, e também resistam ao tempo.

No Brasil houve grandes epidemias em 2010 e 2013, e se os números continuarem crescendo, o ano de 2015 tem tudo para ser um ano em que o país verá uma grande epidemia de dengue que nunca ocorreu até hoje.

Fique atendo com os sintomas, se você tiver alguma sintomas, procure imediatamente um médico :

Dengue Clássica

  • Mais Febre alta com início súbito
  • Mais Forte dor de cabeça
  • Mais Dor atrás dos olhos, que piora com o movimento dos mesmos
  • Mais Perda do paladar e apetite
  • Mais Manchas e erupções na pele semelhantes ao sarampo, principalmente no tórax e membros superiores
  • Mais Náuseas e vômitos
  • Mais Tonturas
  • Mais Extremo cansaço
  • Mais Moleza e dor no corpo
  • Mais Muitas dores nos ossos e articulações.

Dengue hemorrágica

Os sintomas da dengue hemorrágica são os mesmos da dengue comum. Com a  diferença que ocorre quando acaba a febre e começam a surgir os sinais de alerta:

  • Mais Dores abdominais fortes e contínuas
  • Mais Vômitos persistentes.
  • Mais Pele pálida, fria e úmida
  • Mais Sangramento pelo nariz, boca e gengivas
  • Mais Manchas vermelhas na pele
  • Mais Sonolência, agitação e confusão mental
  • Mais Sede excessiva e boca seca
  • Mais Pulso rápido e fraco
  • Mais Dificuldade respiratória
  • Mais Perda de consciência

Tome muito cuidado com a dengue hemorrágica, pois o quadro clínico se agrava rapidamente,  podendo levar a pessoa à morte em até 24 horas. Segundo Ministério da Saúde, cerca de 5% das pessoas com dengue hemorrágica morrem.

Fique muito atento com o aparecimento de manchas vermelhas na pele, sangramentos do nariz e gengivas, dor abdominal intensa e contínua e vômitos persistentes, isto  pode indicar a evolução da dengue hemorrágica. Isso é um quadro grave  da dengue que necessita de imediata atenção médica, pois pode ser fatal.

 

Compartilhe
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter